quarta-feira, 17 de junho de 2009

Mudanças e mais mudanças!




Ando no "empacotanço" é mesmo isso que me sinto uma tansa a empacotar... é terrível!

Desejava mexer o meu nariz e que tudo estivesse no sítio, isso sim era uma maravilha!

Pôr tudo no sítio devagar, até vai ter alguma piada... agora arrumar tudo... não, definitivamente não, as coisas nascem do chão, das paredes, crescem todos os dias...

Já pensaram a quantidade de coisas que guardamos sem interesse, sem nunca lhe tocarmos outra vez, mas que por um instante não foi para o lixo, e vá-se lá saber porquê!

E o pior de tudo é sentir a casa a despir-se, a tornar-se desconfortável... a desaparecermos nas coisas que empacotamos e só quando elas respirarem outra vez é que temos novamente ar fresco!

6 comentários:

~pi disse...

ando a deitar tantas coisas

fora

tantassssssssssssssssss!!

mas gosto e muito :)



~

Luísa disse...

Leva só o que te faz falta...Tudo o resto deixa no contentor, "ou a servir de tapete numa qualquer porta dum qualquer prédio"!

Bom trabalho!

João Coelho disse...

I know the feeling!

Bem, as mudanças (todas...) são sempre momentos especiais. E de uma forma ou de outra, há sempre coisas que têm que ficar para trás. Para que a carroça :-) possa continuar em movimento...

Beijo, Dalila.

João

Marta disse...

Linda,

se precisares de ajuda...já sabes!

[eu odeio mudanças [de casa]; mexem com o meu mau feitio :)]


bjos, muitos

Adriana disse...

Detesto mudar de acasa e ao mesmo tempo adoro.Dá para entender?

Zé Carlos disse...

Sei bem o que isso é, e é terrível! Primeiro arranjar caixas e sacos, depois "desarrumar" tudo de forma a ver o que de facto interessa, nos faz falta ou de se de alguma forma tem (ainda, porque se guardamos, algum dia teve) significado e encaixotar o que queremos levar. Depois é mais fácil, arrumar na nova casa, nos novos sítios, mas a parte da pesquisa e selecção, da desarrumação que procede o encaixotamento... é terrível. Pelo menos para mim foi, porque tinha imensas "merdinhas", guardo imensas coisas e há sempre vontade de fazer alguma coisa com aquela revista, com aquele texto, com aquela imagem ou então pequenas "merditas" deste local ou daquela viagem ou desta pessoa ou recordação de alguém...
Bem eu mudei de casa há 4 anos e sem exagerar tive na nova sala, caixas e caixas mais de 2 anos, simplesmente porque não sabia o que fazer aquelas coisas, fazem parte de mim, são minhas... mas não do "agora" e entre te-las nas caixas ou enfiadas num armário... a preguiça fez-me deixa-las imenso tempo no mesmos sitio!
Por isso "diverte-te" nas arrumações, nas escolhas e selecções do que queres manter e levar e pensa que o melhor está por vir, a fase da nova decoração, de organizar no novo espaço acho que é compensador :D