sexta-feira, 6 de julho de 2007

Coração, Rodeado, Interior, Sabedoria...

Imagem: Cathy Delanssy

Há uma amiga, que quer que lhe escreva,
mas que posso eu escrever, em páginas já todas elas escritas!

ecritas por ela, por nós, por todos que a rodeiam,
escritas por prazer meu,
escritas em mãos de água,
escritas em olhos vidrados,
escritas em noites de colo no sofá,
escritas nas gargalhadas,
nas noites mal dormidas,
na lareira,
no copo na mão,
no mar...

escritos, sempre escritos..
não aquela escrita rebuscada, trabalhada,
só a sentida....

nela se escrevem as pessoas,
escrevem horas amargas,
escrevem horas de sorriso,
escrevem-se viagens,
escrevem-se sonhos,
soletram-se letras de amizade,
narram-se histórias imaginadas,
expõe-se verdades.
expomo-nos nas realidades,
sentimo-nos nos sonhos,
escreves-te, e escreves poesia vivida,
em mim, em ti, em nós,
em quem gostas e a quem tem o privilégio
de te ter.


Coração, Rodeado, Interior, Sabedoria...

2 comentários:

Just a friend disse...

Cristalino é o sabor de ter uma amiga que escreve...
De oiro é a luz que te ilumina na sabedoria de "dar a volta por cima"...
De platina é a atitude sábia de partilhar com todos os que gostas tudo aquilo que te vai na alma.

Sentes porque vives....Vives porque sentes!


Just a friend

Dalaila disse...

O dar a volta por cima seja no trapézio, na vida, nas cambalhotas faz parte do ser humano. Feliz é aquele, que perante as adversidades tenta tirar sempre o melhor... se calhar é porque efectivamente é assim que se VIVE.
Eu sinto porque vivo, e há quem escreva como vive, e que viva como escreve.