segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Pela luz dos olhos teus


Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai que bom que isso é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus só p'ra me provocar
Meu amor, juro por Deus me sinto incendiar
Meu amor, juro por Deus
Que a luz dos olhos meus já não pode esperar
Quero a luz dos olhos meus
Na luz dos olhos teus sem mais lará-lará
Pela luz dos olhos teus
Eu acho meu amor que só se pode achar
Que a luz dos olhos meus precisa se casar.


Vinicius de Moraes

14 comentários:

Tiago R. Cardoso disse...

Um sereno começar de semana com um bom post.

quintarantino disse...

Eu até ouço as palavras e as notas a ecoar!

lupussignatus disse...

Melodia do olhar...

Zé Carlos disse...

Muito bonita esta letra, cheia de ritmo e musicalidade. É uma excelente forma de começar a semana, quase que embala :-)
Um óptima semana, bjinho.

nana disse...

que inebriar de vida, o casamento dos olhos.....






..








x

~pi disse...

da luz

a iluminar

a casa:

no f i m

da

tarde

Anónimo disse...

Um sonar doce das notas que lanças aos teus amigos...

Boa semana!
Just a friend

AJO disse...

Que bela escolha para início de uma semana repleta de chuva...
BJS e boa semana

Alma Nova disse...

Quando a luz dos olhares se encontram, incendeiam e seduzem...então nasce Amor.

un dress disse...

farol :)

ContorNUS disse...

Lindíssimo excerto de Vinicius numa melodiosa sonoridade serena ...aqui tão bem acompanhada pela imagem

Obrigada ;)

Ana Pallito disse...

HÁ quinze anos atrás a pessoa mais importante na minha vida, cantou-me essa musica, da forma mais doce e sapeca que alguém poderia fazê-lo. Um só segundo daquele instante perdi da memória, trago-os na retina da alma.

Desejo à todos momentos iguais!

storytellers disse...

Música linda do Vinícius!

Airam disse...

“Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e
esquecer pessoas inesquecíveis”.

Já fiz coisas por impulso,
Já me decepcionei com pessoas
quando nunca pensei me decepcionar,
mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,

Já dei risada quando não podia,

Já fiz amigos eternos,

já amei e fui amado,
mas também
já fui rejeitado,

Já fui amado e não soube amar.

Já gritei e pulei
de tanta felicidade,
já vivi de amor
e fiz juras eternas,
mas "quebrei a cara"
muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,

Já liguei só pra escutar uma voz,
Já me apaixonei por um sorriso,

Já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e...

...tive medo de perder alguém especial
(e acabei perdendo)! Mas sobrevivi!

E ainda vivo!
Não passo pela vida...
e você também não deveria passar. Viva!!!

Bom mesmo é ir a luta com determinação,
abraçar a vida e viver com paixão,
perder com classe e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e
A VIDA É MUITO
para ser insignificante"

Chaplin