sexta-feira, 3 de abril de 2009

Para a praia!


Vou relaxar quatro dias para ali!
Monte Gordo lá vou eu....
Dunas, praia, ameijôas, peixe fresco,
um salto às tapas espanholas,
areal sem horizonte,
respirar outro ar,
caminhar na praia,
mergulhar no mar,
ler os livros da mesinha de cabeceira,
abraçar-te logo de manhã,
sem horas,
sem nada marcado,
só nós.

7 comentários:

Eduardo Trindade disse...

Hummm... Um poema de sexta-feira, para uma véspera de férias ou de feriado... E não é gostoso isso?

Abraços!

Claudia Sousa Dias disse...

o paraíso...


csd

SILÊNCIO CULPADO disse...

Dalaila
Ui que inveja!... Praias douradas do Algarve, repouso, boa companhia....
Aproveita os momentos Dalaila porque o tempo é irreversível.


Abraço

Luísa disse...

Sol, praia, o dolce fare niente que tanto esperavas...
Vai mas volta, fazes-nos falta!
Beijinho terno!

João Coelho disse...

Espero que tenha sido bom! O programa era excelente!

Muitos beijos,

João

~pi disse...

nada marcado... é o

pa ra ííí so!!

(como adormecer na relva

esse-esplendar-esse

esplendor! :)



~

Lyra disse...

Olá, venho desejar uma Boa Páscoa, replecta de amêndoas e boa disposição.

Beijinhos e até breve.

Lyra
;O)