domingo, 27 de janeiro de 2008

Sonho

Faróis fantásticos, enviado pelo meu amigo PA

- Mew Island lighthouse, Copeland Islands, Irlanda.
- Rubjerg Knude Klint Lønstrup Nordjylland na Dinamarca



O ódio e a amargura jamais serão capazes de curar a doença do medo; só o amor o poderá fazer. O ódio paralisa a vida; o amor liberta-a.
O ódio confunde a vida o amor hamrmoniza-a.
O ódio ensombra a vida e amor ilumina-a.

O homem tem tanta capacidade para fazer o bem, como para fazer o mal, e a sua história constrói-se no sentido ascendente, a caminho das alturas, e não das profundezas.

(Martin Luther King, JR (1929 - 1968) - SONHO)

O meu amigo MC ofereceu-me esta preciosidade onde o sonho da vida está presente em cada letra, em cada palavra em cada sentimento. Um Homem que lutou pelo seu sonho...um sonho de Homem.

Obrigada MC.

16 comentários:

rosasiventos disse...

eu sem saber porquê parado assim sumida a lua o eco

tão calado de morremos

ali


escolhi as sete letras sete varas sete vestes cor da carne

carne branca seiva azul com marca rosa
em brasa


para sempre para sempre sempre sempre e sempre

para


talvez mais tarde em...ALTURA.
que assim o creio! :)

~pi disse...

fico aqui...

Tiago R. Cardoso disse...

excelentes imagens, penso que o texto escolhido diz tudo...

Claudia Sousa Dias disse...

Lindíssimo post onde a palavra casa perfeitamente com a beleza das imagens...


CSD

bluegift disse...

Ou seja, o Amor é o Farol!
Como sempre, imagens lindas e palavras sensíveis.

Anónimo disse...

Amei!

O ódio, tal como o amor não é para todo e qualquer coração!


Ódio, sente quem não se preenche pelo amor!

Amor,sente quem infinitamente se preenche sem odiar.

Será?

Just a friend!

lupussignatus disse...

Pobre e infeliz da vida que não é moldada pelo amor e o sonho...

É com eles que "o mundo pula e avança"...

Votos de uma excelente semana.

JG disse...

O fascínio das imagens e do texto.
Uma beleza.
Obrigado.

AJO disse...

Que belo... que beleza... infinitamente belo... não tenho palavras... não quero ter... quero voltar a ler.
BOa semana.

ContorNUS disse...

Obrigada pela partilha

Excelente excerto e imagens

Alma Nova disse...

O Farol da Vida só pode ser um, o único que nos leva no caminho certo: o Amor.

Dalaila disse...

Olá Rosasiventos!

altura do sonho.

Olá Pi!

aqui onde há luz, e sonho

Olá Tiago!

é mesmo fabuloso o texto, e a pessoa

Olá Claudia!

a palavra, o sentido, o querer

Olá Bluegift!

o amor está no farol...onde todos pertencem

Olá Just a Friend!

o amor tem espaço, o ódio não pode arrabatar o corpo, a raiva às vezes, é normal, é compreensivel, o o o ódio não....

beijo em amor.

Dalaila disse...

Olá Lupus!

assim como o sonho que se acredita

beijo

Olá JG!
nesse zoo capta-se tudo

Olá Ajo!

ler, reler, ver, sentir, e sonhar, sempre

Olá Contornus!

e assim é o sonho com partilhas

Olá Alma!

farol, amor, vida

Su disse...

"Matar o sonho é matarmo-nos.
É mutilar a nossa alma.
O sonho é o que temos de realmente nosso,de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso."

Fernando Pessoa

Dalaila disse...

Olá SU!

nosso, nosso e muitas vezes com a capacidade de passar para os outros

Dominique disse...

Oi, Dalaila, espero não incomodar mas fiquei encantada em descobrir teu blog. Amo faróis e sempre que encontro alguém que também goste disso me sinto menos só em minha admiração por estas belas construções.
Mas também não poderia deixar de comentar sobre este belo texto. Concordo que a única saída para todas as mazelas da humanidade seja um entendimento sobre atos de amor e bondade e não de maldade.

Bom, sem me alongar mais, deixo-te um abraço!